Natural de Bauru, interior de São Paulo, Anderon Primo é um dos atletas brasileiros mais renomados no CrossFit®️, esporte que começou meio que por acaso. Campeão quatro vezes do TCB, quando chegou em 2013, o objetivo era melhorar o condicionamento físico para o judô, esporte no qual era atleta profissional.

“Me apaixonei pela modalidade, em 2014 me destaquei em campeonatos importantes e 2015 em diante decidi seguir carreira como atleta conciliado CrossFit®️ e Judô até 2016 quando aposentei o judô e segui somente carreira como atleta profissional de CF”, declarou Anderon.

Com bases sólidas construídas no judô, o paulista não encontrou dificuldades em alavancar sua carreira nesse novo esporte que arrebata cada vez mais discípulos e que forma uma verdadeira religião.

Este ano, Anderon está com mais gás, a sua preparação, segundo ele, está fantástica. Está na reta final da preparação para o sancionado do Brasil, o BCC e duas semanas depois tem a seletiva para o TCB em Botucatu, e dessa forma provavelmente fecha o seu primeiro trimestre de competições.

Para isso treina diariamente de segunda a sábado duas sessões por dia, em média de quatro a cinco horas de treino total, segue uma dieta balanceada e específica para os períodos de treino e sempre tenta manter a cabeça boa. O atleta explica ainda que “com pensamentos que me coloquem pra cima, sempre externando coisas que podem me afetar ou desestabilizar. Gosto de pensar que meus treinos são sagrados e ali só posso ter coisas boas comigo”.

Outra novidade para 2020 é a possibilidade em disputar as seletivas do TCB com o seu pupilo Kaique Cerveny, e Anderon afirma que “vai ser algo incrível, ver alguém que ajudei no desenvolvimento e poder dividir a arena com ele, lado a lado, rep a rep vai ser fantástico não só para mim, mas para o público que terá um show de dois campeões na arena”.

E o que nos resta é continuar acompanhando esse atleta e esta disputa que vai ser demais.