A atleta e fisioterapeuta Susana Etto, hoje com 36 anos, conta quais são as suas expectativas para 2020 e como foi o ano de 2019, ano em que ficará marcado em sua vida, pois além de participar de dois dos mais importantes eventos, foi campeã no MASTER Feminino do CrossFit®️ Games.

Isso porque ela só começou a praticar em 2015, sendo que desde pequena participava dos projetos esportivos em Valinhos, cidade onde nasceu e mora, praticou vôlei, tênis de mesa, mas se encontrou, até então na natação, foi atleta amadora até os 16 anos, quando precisou parar para trabalhar e fazer faculdade.

E todo o aprendizado foi valido, hoje ela vive 100% CrossFit®️, abriu o seu próprio box, sendo a realização de um sonho

Susana Etto

Foi uma época, segundo Susana, muito difícil, pois ficou muito deprimida em ter que parar de nadar e sem praticar nenhuma atividade física, se tornou sedentária, estava pré obesa, fumava e sabia que precisava mudar o estilo de vida e tudo isso a fez buscar o esporte, por não ser monótono, para ela é um tipo de exercício que é muito diferente das séries da musculação.

Fez algumas aulas experimentais e em um mês já estava de corpo e alma e neste mesmo período o seu professor da época vendo todo o seu potencial já a inscreveu no Open e como a competição já estava na sua veia, não quis parar mais.

Começou a competir em campeonatos regionais, mas sempre com o foco em games importantes, para isso era preciso deixar o cigarro, mudar totalmente a alimentação, tudo em benefício do CrossFit®️.

Conforme ia participando de competições, ia aprimorando o seu treino, focando em pontos que não eram tão fortes. Conseguiu diminuir a carga horária de trabalho como fisioterapeuta e se dedicar mais aos treinos.

Em 2016 participou pela primeira vez da seletiva do CrossFit®️ Brasil e ficou em último lugar, pois não conseguiu fazer um movimento exigido. Isso a vez ter sangue nos olhos e prometeu que sairia no próximo ano como campeã. E foi isso que aconteceu! Ganhou a seletiva da sua região e foi para a nacional.

Em 2018 classificou como as melhores da América Latina, ficando em 6 sexto lugar, segundo Suzana, não pegou pódio por um erro cometido por ela, mais um aprendizado. Já em 2019 se classificou para a categoria Master e conseguiu a vaga para o CrossFit®️ Games, sendo a única brasileira a representar o país na competição.

Após esta participação, Susana não só caiu com tudo dentro do TCB, como ainda conseguiu levar a terceira colocação. Para ter este desempenho ela conta que a rotina de treinos é bem puxada, tem uma planilha com volume muito alto, treinando seis vezes na semana, mas ela confessa que não trabalha muito bem com planilha a distância, por isso precisa treinar com o seu coach Neto pelo menos duas a três vezes por semana e isso faz toda a diferença.

E todo o aprendizado foi valido, hoje ela vive 100% do esporte, abriu o seu próprio box, sendo a realização de um sonho, treina lá, dá aulas e faz alguns atendimentos de fisioterapia voltado para os atletas. Para ela, essa é a mensagem que o esporte deixa, de qualidade de vida, focado para mudança de hábitos, melhoria na condição física das pessoas.

E 2020 começou com tudo, Susana já está pré classificada, agora em março passa por outra seletiva onde apenas as 10 mulheres mais fortes da Master vão para o mundial e esse é o objetivo da atleta que em apenas 5 anos conseguiu chegar ao topo.