Em comunicado feito pelo diretor do CrossFit Games, Dave Castro, na última semana, o CrossFit anunciou mudanças significativas no campo dos Jogos para este ano. Notavelmente entre as mudanças, para o Individual será reduzido drasticamente, pois será por processo de convite, e a competição por equipes será oficialmente cancelada.

O CrossFit manifestou repetidamente sua intenção de realizar alguma versão dos Jogos este ano. Como a maioria dos órgãos dirigentes esportivos, o CrossFit HQ foi confrontado com a difícil escolha de cancelar, adiar ou modificar significativamente sua marca registrada, mesmo devido à pandemia global do COVID-19. A competição estava prevista para começar – com milhares de espectadores – em Madison, Wisconsin.

Nas últimas semanas, o local escolhido mudou para o famoso rancho CrossFit em Aromas, Califórnia, que sediou as três primeiras iterações dos Jogos de 2007 a 2009. O QG do CrossFit registrou que, se ocorrer a competição deste ano, ficará sem expectadores ao vivo.

Como já mostramos aqui, no blog.ultrawod, no dia 30 de abril foi anunciado o cancelado oficial das competições de Masters e Adolescentes. Com isso a Atleta Susana Etto foi considerada campeã do Master. E é ela quem explica este novo formato.

Gui Malheiros o atleta brasileiro melhor colocado não irá participar desta edição, conforme o critério estabelecido pela CrossFit, mas para ele isso não mudou muito o seu planejamento, pois o seu foco está em 2022, estar entre os tops 5 do mundo.

“É um aprendizado, um obstáculo que está no caminho, mas não interfere no meu caminhar. Com isso, vou conseguir assistir o Game e analisar o despenho dos outros atletas e aprimorar o meu jogo”, ponderou Malheiros.

E explicou mais, “eu tendo mais tempo para treinar, consigo chegar em 2021 competindo de igual para igual. Meu objetivo é ganhar o Open e competir mais  três sancionados antes do Games de 2021”.

Gui Malheiros

Desta forma, só nos resta acompanhar os próximos passos do CrossFit Games 2020.

Treino Funcional.
Equipamentos Ultrawod.