AirBike ergômetro que veio para ficar!

Amada e odiada na mesma proporção, já virou referência pela sua versatilidade e durabilidade. Foi pensada para treinos intervalados de alta intensidade e curta duração, podendo levar o atleta a exaustão completa em menos de um minuto. Atletas que julgavam ter grande habilidade de endurance, ou seja, grande estamina e resistência cardiovascular para treinos aeróbicos foram destronados por segundos de alta intensidade.

Mas hoje ela já tomou proporções ainda maiores, pois pode ser utilizada como parte de um tabata, amrap, emom ou por si só, devido ao seu sistema de sobrecarga por meio de pás que faz com que o peso e a intensidade dos treinos aumentem conforme a velocidade do seu movimento, podendo também ser utilizada em treinos longos de baixa intensidade. 

Sem contraindicações, não gera nenhum impacto articular, e por ser um movimento simples, as chances de lesão são quase nulas. É um equipamento completo, que trabalha membros superiores e inferiores simultaneamente ou de forma isolada. Bastam poucos minutos de exercício em cima dessa bicicleta para você suar muito!

A AirBike, geralmente, não chama muita atenção na academia. Mas bastam dois minutos de exercício em cima dela para você perceber seu potencial.

Não ajuda apenas a queimar muitas calorias, mas pode ser usada também como ferramenta de recuperação muito útil. Permite que a área da lesão se mova, e forneça maior fluxo sanguíneo. Além de ser útil para trabalhar a resistência e o condicionamento. Usando-a em alta intensidade funciona como treino mental. Ajuda o cérebro a trabalhar, e como saber resistir à fadiga, o que pode ser transposto para outros exercícios.

Para torná-la um pouco mais difícil e ainda mais divertida, pode variar a quantidade de calorias, e diferentes sets de descanso nos wods.

Lucas Lucco

Dia dos Namorados