A gigante de roupas esportivas Reebok decidiu encerrar sua parceria com a CrossFit Inc., devido a um tweet polêmico do presidente-executivo, Greg Glassman, sobre os protestos antirracistas nos Estados Unidos.

A mensagem foi descrita como racista em muitos fóruns e meios de comunicação em todo o mundo, gerando indignação de muitos atletas, boxes filiados, empresas patrocinadoras e praticantes da modalidade.

O CEO da CrossFit, Greg Glassman, twittou: “É o FLOYD-19” no sábado, depois que o Institute for Health Metrics and Assessment classificou o racismo e a discriminação como um problema de saúde pública.

Grupos de direitos humanos expressaram indignação com o tweet, dizendo que é inaceitável esta postura diante da morte de George Floyd, um homem negro que morreu sob custódia policial em 25 de maio em Minneapolis, Minnesota.

Floyd, 46, foi morto quando o policial Derek Chauvin, branco, apoiou o joelho no pescoço por quase nove minutos, até ser estrangulado

A Reebok anunciou neste domingo que encerra a parceira assim que cumprir sua obrigação contratual atual como principal patrocinadora dos Jogos CrossFit de 2020. “Estivemos recentemente conversando sobre um novo acordo. No entanto, à luz dos eventos recentes, tomamos a decisão de encerrar nossa parceria com o CrossFit HQ ”, afirmou a empresa em comunicado.

Reebok

Outros afiliados como o CrossFit Magnus também decidiram cortar os laços com a organização global de fitness sediada em Washington.

“Depois de oito anos como afiliado do CrossFit, estamos encerrando nossa associação”, escreveu o porta-voz do CrossFit Magnus, Nick Hurndon, em um post nas redes sociais.

A CrossFit possui mais de 13.000 boxes em mais de 120 países e gera cerca de US $ 4 bilhões em receita anual.

Glassman, que fundou o CrossFit em 2000 em uma garagem de Santa Cruz, está sendo muito criticado por esta postura, considerada racista. Depois fez um pedido de desculpas pós-guerra, mas parece ter caído em ouvidos surdos.

“Seu modelo fracassado nos colocou em quarentena e agora você vai modelar uma solução para o racismo? O assassinato brutal de George Floyd provocou inquietação em todo o país. Somente a quarentena é “acompanhada em todos os momentos e sob todos os regimes políticos por uma corrente subjacente de suspeita, desconfiança e inquietação”. Obrigado! ”, O empresário publicou mais tarde para expandir sua resposta ao Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde.

Não foi suficiente. E ele continuou a partir do relato oficial da organização que lidera: “Eu cometi um erro por causa das palavras que escolhi ontem. Meu coração está profundamente triste pela dor que causou. Foi um erro, não racista, mas um erro … quando os vi anunciar que estavam modelando uma solução para a nossa crise racial, fiquei incrédula, zangada e excessivamente emocional. Envolver o nome de George Floyd nesse esforço estava errado. “

No entanto, a liderança de Glassman já estava em crise. Várias estrelas do esporte, incluindo Rich Froning, Mat Fraser, Chandler Smith e Noah Ohlsen, ficaram indignados com suas declarações, dizendo essencialmente que não mais se associarão à marca se Glassman, se este permanecer no comando e desejam uma mudança interna.

Uma das principais estrelas, Froning, anunciou sua reprovação ao atual gerenciamento da marca. “Continuaremos a fazer parte dessa comunidade, mas não podemos mais ser leais a alguém ou a algo que está muito longe dos meus próprios valores. Enquanto estou considerando quais são nossos próximos passos, não podemos e não apoiaremos esses comentários ou crenças ”, afirmou ele em sua conta no Instagram. A maioria dos atletas de elite o apoiam.

Rich Froning Jr. 

Continuemos a acompanhar o desenrolar de tudo isso.

Ultrawod #blacklivesmatter

Nós a Ultrawod somos uma empresa fundada em 2014, atuamos no mercado nacional como desenvolvedor, fabricante e distribuidor de equipamentos para CrossFit, Treino Funcional, Ginástica, Luta, enfim, os melhores produtos para o seu Treino, independente da modalidade que pratica. O nosso objetivo é vender equipamentos!
Com o compromisso de promover a iniciativa individual e o trabalho em equipe, onde os integrantes do nosso time se orgulhem em fazer parte. Nossas ações e relacionamentos são caracterizados por honestidade, justiça e integridade.
Buscamos a igualdade de oportunidades para todos, independentemente de raça, origem, idade, gênero, crenças, religião ou estilo de vida.
Mas não podemos e não somos indiferentes à tudo que está acontecendo no mundo do CrossFit, este mundo que transcende a prática esportiva, vai além de Wods, um mundo que é um estilo de vida, uma comunidade, uns pelos outros.
Nós acreditamos no esporte como agente de mudança e ressignificação de vidas. Temos o compromisso de criar uma cultura saudável e positiva, promovida pela atividade física e movimento.
E dentro disto está a nossa pluralidade, somos por todos e para todos, independentemente de raça, credo, orientação sexual e não bastando somos pela igualdade de direitos entre homens e mulheres, somos pelas garantias fundamentais, somos antirracistas, antissexistas e não queremos a nossa marca, o nosso legado atrelado à nada que vá contra os nossos princípios.
Não podemos ficar indiferentes a todo este debate, não podemos fingir que nada está acontecendo, não podemos fechar os olhos e não enxergar o racismo, pois ele está aí, como uma poeira, as vezes invisíveis, mas sustentando toda uma máquina.
Basta, não queremos mais! Vidas Negras Importam! #blacklivesmatter